Como encontrar e manter a motivação profissional

18/12/2019
Por: Juliana Menegazzi

Sentir-se desmotivado do trabalho pode ser uma enorme barreira para o progresso da carreira profissional. A motivação tem um grande efeito sobre a produtividade.

Estabeleça: defina uma meta, visualize-a e pergunte-se por que deseja alcançá-la. 

Pergunte a si mesmo o que você deseja alcançar. Escreva em algum lugar e visualize todos os mínimos detalhes de como você chegará lá e como será a sensação quando você o fizer. Pense no trabalho que precisa ser feito, nas pessoas em que você pode confiar, nos possíveis obstáculos que você encontrará e no resultado do seu trabalho duro.

Para manter seu olho no alvo, faça uma lista dos motivos por trás do desejo de atingir seu objetivo. Se você deseja obter experiência de trabalho em um campo específico, domine as habilidades necessárias para assumir uma função específica ou obtenha uma promoção para aumentar seu potencial de ganhos, anotando suas razões para tornar sua motivação mais tangível. 

Estratégia: prepare, mas permaneça flexível

Garantir que você tenha uma estratégia definida à sua frente ajudará a manter o foco no que precisa ser feito, melhorando sua motivação para fazê-lo. Prepare uma rota clara e concisa a seguir, considerando possíveis obstáculos e habilidades necessárias.  

Embora a estratégia seja vital, ser capaz de se adaptar às mudanças é igualmente importante. Quando as coisas começam a ir para uma direção diferente da que você imaginava, avaliar a mudança e se realinhar com a mudança o ajudará a permanecer engajado na tarefa. 


Planeje: crie listas de tarefas e mantenha-as curtas

Segundo o empresário e autor Tony Robbins, “Uma das principais fontes de estresse em nossas vidas vem do sentimento de que temos um número impossível de coisas a fazer”. Se você assumir um projeto e tentar fazer tudo de uma vez, ficará impressionado.

Para combater essa fonte desnecessária de estresse, divida seu objetivo em objetivos menores, com prazos e recompensas. Essa técnica permite que você mastigue pedaços da tarefa gigantesca à sua frente e ajuda a evitar sentir-se inundado de trabalho.


Execute: coloque seu plano em ação

Depois de tomar as medidas necessárias para detalhar seu plano de ataque, o próximo passo é executar. A chave do sucesso aqui é permanecer orientado para os resultados. Se algo não estiver fornecendo os resultados que você pensou que seria, dê um passo para trás e pense se você realmente precisa fazê-lo.

Certifique-se de acompanhar seu progresso cuidadosamente durante esse estágio. Ser capaz de analisar sua fase de execução e avaliar seu progresso é uma parte essencial da otimização de sua estratégia.


Revisão: lembre-se de seus motivos para querer alcançar e verifique seu desempenho

Nem todos os dias serão tranquilos. Quando você se deparar com uma queda na motivação ou um obstáculo que parece intransponível, verifique novamente os motivos que você anotou no começo.

Use esse tempo para verificar seu desempenho na fase de execução anterior. Compare seu progresso até agora com seu objetivo geral. Identifique o que está funcionando e como fazê-lo funcionar melhor. Decida sobre as coisas que não estão funcionando e descubra se você deve tentar salvá-las ou apenas descartá-las.